domingo, 14/04/2024
Banner animado
InícioGeralMUNDO7 de março, jornada de luta para derrotar o Governo e a...

7 de março, jornada de luta para derrotar o Governo e a política de direita

Banner animado


Iniciativa descentralizada que a Central pretende que tenha expressão de rua «com manifestações e concentrações nos distritos do continente e nas Regiões Autónomas», e para a qual apela «aos trabalhadores e à população em geral para que participem em força», terá como reivindicações gerais a «melhoria das condições de vida e de trabalho, a defesa dos direitos laborais e sociais, mais e melhores serviços públicos e a defesa e melhoria do Serviço Nacional de Saúde, da Escola Pública e da Segurança Social pública, universal e solidária», lê-se na resolução divulgada pela CGTP- IN.

O CN da Intersindical nota, também, que em ano de eleições legislativas, a acção de massas é decisiva para derrotar o executivo PSD/CDS-PP e a política de direita, e «assegurar uma política de esquerda e soberana, comprometida com os valores de Abril», e, nesse sentido, sublinhou o agendamento de outras jornadas e orientações fundamentais na intervenção político-sindical para 2015, ano em que a CGTP-IN comemora 45 anos.

Desde logo a intensificação da «acção e luta reivindicativa nos locais de trabalho no quadro da Acção Sindical Integrada, pelo aumento geral dos salários; pelo emprego com direitos, contra a precariedade e o desemprego; pelas 35 horas de trabalho, contra a desregulamentação dos horários; pelo exercício efectivo da negociação colectiva, contra o bloqueamento da contratação colectiva; pela defesa dos direitos e a melhoria das condições de trabalho».

No centro da luta estará, igualmente, a exigência da «revogação das normas gravosas do Código do Trabalho e da legislação laboral da Administração Pública; a reposição dos dias de férias e feriados retirados; a devolução da totalidade dos salários e pensões roubados na Administração Pública, bem como o descongelamento das carreiras; a revogação dos programas chamados de “requalificação”, mobilidade, e outros, que visam o despedimento massivo de trabalhadores da Administração Pública; o aumento das pensões de reforma e a melhoria da protecção social aos trabalhadores, aos desempregados e aos pensionistas».

Rumo ao Congresso

Na reunião ocorrida faz hoje uma semana, o CN da CGTP-IN decidiu, ainda, que o lema do 13.º Congresso da organização, a realizar nos dias 26 e 27 de Fevereiro de 2016, será «Organização, Unidade e Luta – a Força dos Trabalhadores! Emprego com Direitos, Soberania, Progresso Social».

Antes da reunião magna, mas a par da sua dinamização e preparação, refere o texto aprovado, importa prosseguir e aprofundar a intervenção, nomeadamente divulgando «a queixa que a CGTP-IN apresentou ao Provedor de Justiça contra o Governo do PSD/CDS, pelo não cumprimento da lei no que respeita ao Fundo de Garantia Salarial, o que impede os trabalhadores de receberem os créditos que lhes são devidos; promovendo, «no âmbito do Dia Internacional da Mulher, a Semana da Igualdade, entre os dias 2 e 8 de Março, privilegiando o contacto com as trabalhadoras e com os trabalhadores nos locais de trabalho dos sectores público e privado, em todo o país»; assumindo, «com o máximo empenho, a preparação, organização e mobilização da Marcha Nacional, com o lema “Juventude em Marcha – Trabalho com Direitos! Contra a precariedade e a exploração!”, com acções centradas nos locais de trabalho e a culminar com uma Manifestação em Lisboa, no dia 28 de Março, Dia Nacional da Juventude».

Alternativa necessária

«Portugal necessita de uma ruptura com a política de direita» e de «uma política alternativa, de Esquerda e Soberana, que afirme o primado dos interesses nacionais, liberte Portugal das amarras do Tratado Orçamental e de outros instrumentos que limitam a sua soberania; renegoceie a dívida, nos seus montantes, prazos, juros e condições de pagamento, recusando a sua parte ilegítima; assegure o aumento da produção nacional e combata os processos de privatização, retomando o controlo do Estado sobre as empresas e os sectores estratégicos para o desenvolvimento do país; valorize o trabalho, as profissões e as carreiras profissionais, no quadro do cumprimento dos direitos, do combate à precariedade e da dignificação dos trabalhadores; combata a pobreza, as desigualdades e o empobrecimento do povo e do País; promova uma justa distribuição da riqueza produzida e garanta um sistema fiscal justo; concretize a melhoria geral das condições de vida e de trabalho dos portugueses», afirma-se na resolução aprovada pelo CN.

Portugal precisa e os portugueses têm exigido «a melhoria das Funções Sociais do Estado e o cumprimento constitucional do direito à Escola Pública de qualidade e inclusiva, ao Serviço Nacional de Saúde reforçado e gratuito, à Segurança Social Pública, Solidária e Universal; mais e melhores serviços públicos; a defesa e autonomia do Poder Local Democrático.», acrescenta-se.

Necessidades e exigências colocadas pela situação em que se encontram o País e o povo e que foram escalpelizadas pela CGTP-IN no documento que vimos citando. Nesse sentido, a Confederação sindical afirma que «depois de anos sucessivos de destruição de riqueza» e num contexto em que «as perspectivas económicas para 2015 apontam para uma situação de estagnação em consequência das medidas de exploração e empobrecimento decorrentes da aplicação do memorando da Troika que agrediu, empobreceu e humilhou o povo e o País», «a grave situação em que a política de direita nos colocou não será ultrapassada com mudanças pontuais, nem com a submissão ao pacto de Estabilidade e Crescimento, ao Tratado Orçamental e a uma dívida incomportável que, ao absorver grande parte da riqueza produzida para o pagamento de juros e outros encargos, fragiliza a democracia e aprisiona o desenvolvimento soberano».


Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes