terça-feira, 16/04/2024
Banner animado
InícioNotíciasPolicialAGIOTA NA MIRA DA POLÍCIA: mais de R$ 800 mil ...

AGIOTA NA MIRA DA POLÍCIA: mais de R$ 800 mil foram apreendidos no Norte do Estado

Banner animado

Polícia Civil apreende mais de R$ 800 mil com agiota em Lucas do Rio Verde

                       Mais de R$ 800 mil foram apreendidos e um agiota preso foi pela Polícia Judiciária Civil, no município de Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte), na manhã desta segunda-feira (17.11). O acusado, Marinaldo Moreira de Mora, 50, foi autuado em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo com numeração suprimida, crime contra a economia popular e maus-tratos.

                        As investigações iniciaram após várias denúncias, relatando que o agiota constantemente cobrava juros e ameaçava devedores usando arma de fogo. Com base nas informações, policiais civis iniciaram diligências que confirmaram as suspeitas. Diante dos indícios, o delegado, Rafael Scatalon, representou pelo mandado de busca e apreensão domiciliar.
 
                     Com a Ordem Judicial deferida pela Justiça, os investigadores realizaram buscas na casa do suspeito, onde localizaram um revólver calibre 38 com numeração suprimida e devidamente municiado, mais de R$ 10 mil reais em dinheiro, R$ 700 mil reais em cheques de devedores, R$ 107 mil reais em nota promissória e 150 gramas de ouro. Vinte galos utilizados para prática de “rinha de galo” também foram apreendidos na residência.
 
                  Durante a abordagem policial, uma pessoa que estava na casa do suspeito, fazendo empréstimo em dinheiro, também foi conduzida à Delegacia de Polícia, na condição de testemunha. De acordo com o depoimento, ele iria fazer um empréstimo em que seriam cobrados juros de 10% a 15% ao mês.
Após o flagrante, Marinaldo foi interrogado e autuado pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo com numeração suprimida, crime contra a economia popular e maus-tratos. Em seguida foi transferido a Cadeia Pública local.
 
                  A prisão de um dos maiores agiota da cidade foi realizada através do excelente trabalho da equipe de investigadores da Delegacia de Lucas do Rio Verde, coordenada pelos delegados Rafael Scatolon e Bruno Sergio Abreu.
Assessoria PJC/MT)
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes