terça-feira, 05/03/2024
Banner animado
InícioNotíciasPolíticaBRASIL VAI PARAR MAIS UMA VEZ: Movimentos sociais querem pressa na...

BRASIL VAI PARAR MAIS UMA VEZ: Movimentos sociais querem pressa na votação de medidas de combate à corrupção

Banner animado
Rui Matos

Divulgação

manifestacaocuiaba11700.jpg

Em março de 2015 mais de 40 mil pessoas foram às ruas em Cuiabá

                         Dois meses após receber 2 milhões de assinaturas de apoio a projeto anticorrupção, encaminhadas por entidades da sociedade civil, a Frente Parlamentar de Combate à Corrupção da Câmara ainda não realizou nenhuma ação no sentido de discutir e aprovar o conjunto de 10 medidas que teve o aval do Ministério Público Federal (MPF).

                      Por conta disso, movimentos sociais como o Muda Brasil, Vem Pra Rua, Avança e Corrupção Nunca Mais, já organizam um mega protesto no País para o dia 31 de julho. A intenção é repetir as ações realizadas nos protestos Pró-Impeachment, quando mais de seis milhões de pessoas foram às ruas pedir o afastamento da então presidente, Dilma Rousseff (PT).

                     “Nossa intenção foi propor medidas que tenham como eixo central a busca pelo aperfeiçoamento da legislação, tanto no campo repressivo quanto no preventivo à corrupção”, contou Junior Macagnan, do Movimento Vem Pra Rua. O desabafo chega próximo à decepção. Segundo ele, ao ignorar dois milhões de brasileiros, a Câmara deixa claro que não tem compromisso com a sociedade.

                       Antonio Passos é Grão Mestre do Grande Oriente do Brasil e participou ativamente da coleta de assinaturas entre os maçons de Mato Grosso. Para ele, a impunidade alimenta a corrupção e cabe ao Congresso Nacional promover uma mudança profunda na legislação. “É um combustível para a corrupção, considerando o fato de que a falta de perspectiva de resposta acaba incentivando as práticas delitivas”, disse Passos, ao Blog do Antero.

                    Uma das líderes do Muda Brasil, a empresária Marli Tiecher, acredita que se a Frente Parlamentar de Combate à Corrupção da Câmara não atender aos anseios da sociedade, vai colocar em risco tanto o resultado final do impeachment, quanto os desdobramentos da Operação Lava Jato.

                      Junior Macagnan observa que os resultados da Lava Jato poderão acelerar o debate das medidas a serem enviadas ao Congresso. “As investigações são de grande envergadura e todas elas têm colocado em evidência o tema do combate à corrupção”, avaliou. “Se conseguirmos passarmos o Brasil a limpo vai sobrar pouco gente séria na política”, finalizou Marli Tiecher.

Veja

BRASIL VAI PARAR MAIS UMA VEZ

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes