quarta-feira, 19/06/2024
Banner animado
InícioEMPREENDEDOR EM DESTAQUEEconomia Criativa terá incubadoras em 13 estados

Economia Criativa terá incubadoras em 13 estados

Banner animado

 Agência Sebrae  

                      Empreendedores da área de artes visuais, design, moda, audiovisual, música, artesanato, comunicação e tecnologia, entre outras, vão poder contar, até o começo do ano que vem, com apoio para formalizar seus negócios, profissionalizar a gestão, aproximar-se de investidores e entrar para o mercado. Em parceria com o Sebrae, o Ministério da Cultura, por meio do Programa Incubadoras Brasil Criativo, colocou oito incubadoras em funcionamento neste ano e outras cinco devem ser inauguradas nos próximos meses.

Até esta sexta-feira (21), os gestores das incubadoras Brasil Criativo estarão reunidos na sede do Sebrae Nacional para trocar experiências, compartilhar informações e discutir a formação de uma rede de incubadoras, na qual eles possam se comunicar e criar um modelo transversal de atuação junto aos empreendedores criativos. No encontro também será discutido a formatação de modelo de atendimento nas incubadoras.

“As incubadoras são um apoio importante para o fortalecimento da atividade criativa do ponto de vista do empreendedorismo, da formalização e da profissionalização dos negócios. O Brasil é muito rico culturalmente e o segmento é uma grande oportunidade econômica”, afirmou o gerente de Serviços do Sebrae, Juarez de Paula, durante a abertura do encontro.

Espaço de convergência e integração dos empreendimentos criativos, as incubadoras ofertam aos agentes culturais cursos e consultorias, planejamento estratégico, assessoria contábil, jurídica e de comunicação, marketing, elaboração de projetos e captação de recursos, além de acompanhamento contínuo. O modelo oferece ainda balcões de crédito, formação técnica e realização de cursos.

Durante o encontro, os gestores das incubadoras discutirão, por exemplo, a forma de recrutamento dos empreendimentos e o tempo de incubação das empresas selecionadas. Eles também vão participar de um curso da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) sobre como planejar a gestão eficaz de incubadoras e como atrair e selecionar os empreendimentos.

Já estão em funcionamento espaços dedicados para a Economia Criativa no Rio de Janeiro, Pará, Bahia, Rio Grande do Norte, Goiás, Acre, Ceará e em Mato Grosso. Estão previstas para funcionar em 2015 outras cinco incubadoras no Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Distrito Federal.

O secretário de Economia Criativa do MinC, Marcos André Carvalho, afirmou que o ministério está preocupado em qualificar a ocupação das incubadoras e que vai colocar no orçamento de 2015 recursos que garantam o funcionamento das incubadoras até fevereiro de 2016. “Nosso objetivo é fazer uma incubadora por estado e o programa só vai ter sucesso se realmente trabalharmos em rede”, disse.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes