quarta-feira, 28/02/2024
Banner animado
InícioAGRONOTÍCIASAgronegócioFlavinha participa do lançamento do Plano Safra 2023/2024, no Palácio do Planalto...

Flavinha participa do lançamento do Plano Safra 2023/2024, no Palácio do Planalto em Brasília

Banner animado

Deputada é integrante da Comissão de Agricultura da Câmara e da Frente parlamentar da Agropecuária


A deputada federal Flavinha (MDB-MT) participou hoje de manhã, no Palácio do Planalto, da cerimônia de lançamento do Plano Safra 2023/2024, que prevê financiamento de R$ 364,22 bilhões. Segundo informa o governo federal, os recursos são destinados para o crédito rural para produtores enquadrados no Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) e demais. As taxas de juros para custeio e comercialização serão de 8% ao ano para os produtores enquadrados no Pronamp e de 12% a.a. para os demais produtores. Já para investimentos, as taxas de juros variam entre 7% a.a. e 12,5% a.a., de acordo com o programa.
Flavinha esteve acompanhada de outros integrantes da bancada do agro no Congresso Nacional, e conversou com o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro. A deputada lembrou que a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) ajudou na elaboração do plano e cobrou especial atenção às reivindicações do setor.
Integrante da FPA, Flavinha destaca que um dos focos da Frente é principalmente a equalização de taxa de juros, com o objetivo de oferecer juro menor ao produtor rural. E se diz esperançosa com uma novidade do plano hoje lançado: o RenovAgro, que amplia o apoio à recuperação de pastagens degradadas, com foco na sua conversão para a produção agrícola.
No quesito sustentabilidade, que é um dos itens do Plano, a deputada lembra que o que os produtores brasileiros cumprem a legislação ambiental mais eficiente e restritiva do mundo. “E é importante ressaltar que o Estado Brasileiro precisa validar urgentemente o Cadastro Ambiental Rural (CAR) de mais de 90% das propriedades rurais, ainda pendentes, para que os produtores possam ter acesso à essa redução sustentável de juros e seja reconhecido por suas boas práticas”, lembra Flavinha, citando trecho da nota oficial da FPA.

Assessoria com informações Gov/Mapa e FPA
Saiba mais em:
https://encurtador.com.br/kquvL
https://bit.ly/3NwMth0

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes