domingo, 26/05/2024
Banner animado
InícioAGRONOTÍCIASAgronegócioFrigorífico da JBS recém-habilitado para exportar para a China vai se tornar...

Frigorífico da JBS recém-habilitado para exportar para a China vai se tornar maior da América Latina

Banner animado

A JBS anunciou um investimento de R$ 150 milhões para duplicar a capacidade de processamento e a força de trabalho da unidade Campo Grande II, em Mato Grosso do Sul

carnes da JBS
Foto: divulgação

JBS anunciou um investimento de R$ 150 milhões para duplicar a capacidade de processamento e a força de trabalho da unidade Campo Grande II, em Mato Grosso do Sul. A expansão tornará a planta a maior processadora de carne bovina da América Latina e uma das três maiores da JBS no mundo.

Para que o volume processado diariamente passe de 2,2 mil animais para 4,4 mil, a empresa vai passar de 2,3 mil colaboradores para 4,6 mil.

Nesta sexta-feira (12), a empresa fez o anúncio durante um evento que celebrava um marco importante para a fábrica: o primeiro embarque de carne bovina para a China, um dos maiores importadores da carne bovina do Brasil.

A unidade Campo Grande II da JBS foi uma das 38 habilitadas pelo governo chinês recentemente, em 12 de março passado.

Gilberto Tomazoni, CEO global da JBS, destacou a importância dessas habilitações para o agronegócio brasileiro, ressaltando o atrativo do país para investimentos nesse setor.

“Operamos em muitos países ao redor do mundo e nenhum deles é hoje tão atrativo quanto o Brasil para se investir no agronegócio”, afirmou.

Antes dessa habilitação, o Brasil já tinha 106 plantas autorizadas a exportar carne bovina para a China. Com a inclusão das novas, o número subiu para 144.

A recente expansão também beneficia Mato Grosso do Sul, um dos principais produtores de gado do Brasil, que passou de três para nove fábricas habilitadas para exportação de proteína bovina.

Com as novas habilitações, as fábricas do estado podem exportar um volume equivalente a 2,3 milhões de animais, um aumento significativo que deve impulsionar as exportações brasileiras.

A unidade foi adquirida em 2010 e atualmente produz 440 toneladas de carne e 136 toneladas de hambúrgueres diariamente, com destinos além da China, incluindo Estados Unidos, Argélia, Egito, Emirados Árabes Unidos, Argentina, União Europeia e Chile.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes