terça-feira, 21/05/2024
Banner animado
InícioINUSITADASHomem dado como morto, acorda e surpreende a todos na região do...

Homem dado como morto, acorda e surpreende a todos na região do terremoto na Siria

Banner animado
Dado como morto, Ahmed al-Maghribi foi descoberto vivo em seu próprio funeral – Foto: Newsflash

Imagem de capa para Homem dado como morto, acorda e surpreende a todos na região do terremoto

Pouco mais de 15 dias depois do terremoto que assombrou a Síria e região, um homem dado como morto – e que passou dois dias na geladeira – começou a se mexer justamente no momento do enterro. O jovem estava entre os soterrados da região de Atarib, no sul do país.

Ahmed al-Maghribi foi encontrado inconsciente depois de ser retirado de um prédio que desabou. Foram feitas várias tentativas para reanimá-lo. Sem sucesso, foi declarado morto e o corpo foi para a geladeira até a família identificá-lo.

Depois disso, o corpo foi colocado em um saco mortuário e levado a um cemitério para ser enterrado. No cortejo fúnebre, para surpresa de todos, o suposto cadáver começou a se mexer.

O choque

Diante do improvável, o saco mortuário foi aberto e constato que Ahmed estava vivo e bem. Ele foi imediatamente levado de volta ao hospital, onde se recupera.

Segundo especialistas, as circunstâncias em torno da sobrevivência de Ahmed são raras. A suposição é que o coração dele pode ter reiniciado após uma parada cardíaca. Feliz mente, Ahmed passa bem!

Para muitos na Síria, este fato considerado um milagre é, sobretudo, de esperança.

Resgatadas após 250 horas

Recentemente, uma menina de 17 anos e outra mulher foram resgatadas dos escombros depois de ficarem presas por mais de 248 e 250 horas, respectivamente.

As operações de resgate são também um consolo para as famílias. Apenas os terremotos que atingiram o país, desde o último dia 6, mataram cerca de 50 mil pessoas e feriram mais de 100 mil.

Na Turquia, os tremores de terra mataram mais de 42 mil pessoas e deixaram milhares desalojadas. As operações de apoio seguem ativas.

Ajuda brasileira

Em resposta humanitária aos terremotos em diferentes regiões da Síria e da Turquia, o governo brasileiro doará 65 purificadores de água, de tecnologia e fabricação nacionais, acompanhados de “kit” voltaico para assegurar-lhes autonomia de energia.

Os equipamentos têm capacidade de produzir, em seu conjunto, 364 mil litros de água pura por dia, suficientes para o abastecimento diário de pelo menos 18 mil pessoas.

Também serão enviadas sete toneladas de alimentos desidratados nutritivos equivalentes a cerca de 280 mil refeições. As doações, segundo o Itamaraty, serão transportadas na próxima semana.

A missão humanitária brasileira de busca e resgate enviada  à Turquia, no dia 6,  retorna nesta sexta-feira (24) ao Brasil. Foram duas semanas de trabalho e as ações se concentraram nas cidades de Kahramanmaras e de Hatay. No total, foram realizadas 46 operações de busca e salvamento e 74 atendimentos médicos.

A missão humanitária brasileira é coordenada pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE), por meio da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), comandada pelo Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR) e integrada pelo Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo, com apoio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Espírito Santo.

O local onde o homem dado como morto foi encontrado, no maior terremoto da história da Síria - Foto Agência Anadolu / Getty Images

O local onde o homem dado como morto foi encontrado, no maior terremoto da história da Síria – Foto Agência Anadolu / Getty Images

SNB / Com informações do Daily Star

ARTIGOS RELACIONADOS
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes