terça-feira, 16/04/2024
Banner animado
InícioAGRONOTÍCIASAgronegócioVocê viu? Bife rende R$ 50 mil a churrasqueiro de MT; confira...

Você viu? Bife rende R$ 50 mil a churrasqueiro de MT; confira qual é o corte

Banner animado

“É a realização de um sonho ver meu nome reconhecido mundialmente e ter meu corte de carne representando o meu estado, Mato Grosso”, comemorou Paulo Sérgio da Cruz, o ganhador do concurso MT Steak que irá levar esse símbolo para o mundo. Pela conquista, ele recebeu R$ 50 mil.

O vencedor do concurso foi revelado no último episódio do reality show exibido no começo deste mês no canal Sabor & Arte. “Essa vitória veio para coroar todos meus anos de trabalho, dedicação e respeito a carne, a Pecuária e esse meio que classe dos açougueiros faz parte”, disse Cruz.

MT SteakMT Steak

Foto: Imac

Criado pelo Instituto Mato-grossense da Carne (Imac) o concurso surgiu da necessidade de um melhor posicionamento da carne de Mato Grosso para os consumidores brasileiros e compradores de outros países.

O concurso MT Steak foi realizado em duas etapas: virtual e presencial. Para levar o título, o corte escolhido deveria ser o mais inovador, versátil, original e economicamente viável.

O corte

Para vencer a prova do concurso, Paulo Cruz contou com a versatilidade da peça e com sua ousadia. Afinal, ele optou pelo dianteiro do boi, que muitas pessoas ainda têm receio de utilizar no churrasco.

“Meu corte é extraído da paleta grossa, de onde já foi extraído o shoulder, flat iron. É uma carne que vem acoplada em cima da paleta grossa, é como se fosse a picanha junto com a alcatra. Elas não fazem parte do mesmo grupo muscular, mas é uma carne que o aspecto dela parece como se fosse de um filé mignon. Por mais que esse pedaço não tenha gordura externa, como a maioria dos cortes, ele tem uma extrema maciez e muitos ficarão surpresos por saber que é um corte do dianteiro”, disse.

A versatilidade do corte é o grande diferencial do MT Steak. Além de churrasco, a peça bovina pode ser usada em vários pratos, como strogonoff, parmegiana, medalhão e até steak tartare.

“Para mim é um corte bastante comercial porque desde pratos fitness ao churrasco ele vai conseguir atender o gosto de todos. Além do custo-benefício, já que pode substituir o filé mignon em diversas receitas”, contou Paulo Cruz.

___________________

Saiba em primeira mão informações sobre agricultura, pecuária, economia e previsão do tempo. Clique aqui e siga o Canal Rural no Google News.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes