sexta-feira, 01/03/2024
Banner animado
InícioAGRONOTÍCIASAgronegócioLaboratório de umidade de grãos será inaugurado em SP

Laboratório de umidade de grãos será inaugurado em SP

Banner animado
laboratório

O Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP), órgão delegado do Inmetro, vai inaugurar o Laboratório de Medição de Umidade de Grãos, com a presença do secretário da Justiça, Fábio Prieto, nesta próxima segunda-feira (24), às 11 horas, na zona sul da capital.

Com o laboratório, o Ipem-SP passará a realizar as verificações metrológicas dos medidores de umidade de grãos, para que operem dentro de faixas de erros permitidas pela regulamentação metrológica vigente.

O objetivo é que os medidores utilizados para definição da quantidade de umidade contida nos grãos comercializados tragam segurança ao mercado.

Fator de formação de preço

A umidade é um dos principais fatores na formação de preço da soja, do milho, café e trigo, entre outros grãos, pois impacta diretamente no peso do produto.

Por isso, sempre foi um ponto polêmico nas relações comerciais entre produtores, comercializadores e cooperativas que trabalhavam com medidores universais, sem aprovação de modelo e sem regulamento técnico-metrológico do Inmetro.

Impasses em relação às medições divergentes entre as partes, erros apresentados pelos instrumentos e até divergências causadas por má-fé eram frequentes na comercialização desses produtos no passado recente.

Em geral, cada ponto de umidade acima de 14% implica em um desconto para o produtor no valor devido pela saca. Sem o controle do instrumento, não havia como o produtor contestar a medição efetuada pelo comprador.

Regulamento técnico

A portaria do Inmetro nº 402/2013 estabeleceu o regulamento técnico metrológico (RTM) para os medidores de umidade de grãos.

A portaria, que passou a vigorar em 2017, proibiu a utilização de instrumentos sem modelo aprovado pelo Instituto e determinou a obrigatoriedade das verificações inicial e periódica dos instrumentos em uso, que são realizadas pelos institutos de pesos e medidas do país.

Em consequência, os instrumentos de medição passaram a ser controlados, impedindo que os produtores fossem penalizados pela umidade medida indevidamente. Há um desconto no valor a ser pago por saca em função da umidade do grão.

Laboratório trará economia na soja

preço soja cotação saca

Preço da soja. Foto: Daniel Popov/ Canal Rural

Só de soja, São Paulo produz cerca de 4 milhões de toneladas. Estima-se que a aplicação da regulamentação dos medidores reduziu os erros nas medidas de umidade em cerca de 1,5%.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes