sábado, 02/03/2024
Banner animado
InícioAGRONOTÍCIASAgronegócioLeite: confira como está o mercado brasileiro

Leite: confira como está o mercado brasileiro

Banner animado

De acordo com o último boletim da Embrapa Gado de Leite, no primeiro trimestre de 2023, a oferta nos principais exportadores tem apresentado um pequeno crescimento.

Estados Unidos e União Europeia registram aumento na produção da leite desde agosto de 2022, mas a demanda continua tímida, com importações chinesas mais fracas, o que mantém os preços dos lácteos em baixa.

No mercado brasileiro, o cenário econômico e de consumo de lácteos continua fraco.

Após um crescimento de 2,9% do PIB em 2022, a mediana das projeções dos agentes econômicos indica apenas 0,91% de crescimento do PIB em 2023.

Os preços dos lácteos ao consumidor têm ficado acima da inflação, inibindo o consumo.

Além disso, os indicadores do mercado de trabalho têm registrado desaceleração, com queda no número de ocupados pelo terceiro mês consecutivo.

O volume de vendas no varejo em janeiro e fevereiro caiu em torno de 7% e 8% na comparação anual, respectivamente.

Do lado da oferta, a preocupação se volta para as elevadas importações, que têm gerado pressões baixistas nos preços.

Nos três primeiros meses do ano, o volume de importações fechou em 506 milhões de litros de leite, e em março foram importados 203 milhões de litros, o que representa cerca de 10% da produção inspecionada do Brasil.

Por outro lado, a sazonalidade da produção de leite no Brasil é bastante pronunciada, com os meses de abril, maio e junho sendo aqueles de menor produção de leite, o que acabou refletindo nos preços neste momento.

Nos últimos trinta dias, observa-se valorização no mercado atacadista e no mercado Spot.

O leite UHT registrou alta de 10% nos últimos quinze dias finalizados em 11 de abril, e no mercado de queijo muçarela, houve elevação de 4,6% no mesmo período.

O leite no mercado Spot também reagiu, subindo 8,4% em Minas Gerais, na primeira quinzena de abril ante a segunda de março, de acordo com levantamentos do Cepea. A entressafra deu fôlego para a alta recente dos preços de leite e derivados, e o custo de produção tem ficado relativamente mais estável.

O momento ainda é de incerteza, com complicações no cenário econômico global e preços internacionais dos lácteos mais baixos. Internamente, a valorização do real frente ao dólar e maior competitividade do produto importado podem colocar dúvidas sobre a sustentação dos preços no mercado brasileiro, sobretudo a partir de julho/agosto, quando a produção doméstica começa

pecuária leiteira - leite - subcomissão na câmarapecuária leiteira - leite - subcomissão na câmara
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes