sexta-feira, 01/03/2024
Banner animado
InícioNotíciasPolicialManicure mata adolescente e rouba bebê de 12 dias, diz polícia em...

Manicure mata adolescente e rouba bebê de 12 dias, diz polícia em MT

Banner animado

 

Suspeita sofria de gravidez psicológica e premeditou o crime, diz a polícia.
Adolescente foi convencida a ir até a casa da suspeita onde foi morta.

 

Denise SoaresDo G1 MT

Mulher matou adolescente em Querência (MT) e escondeu o corpo em saco plástico. (Foto: G1)
Mulher matou adolescente em Querência e escondeu o
corpo em saco plástico. (Foto: G1)

Uma manicure foi presa na sexta-feira (13) suspeita de ter assassinado uma adolescente de 15 anos, na cidade de Querência, a 912 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, a suspeita matou a garota com um martelo e colocou o corpo da adolescente em um saco plástico. Depois disso, roubou o bebê da vítima, uma menina de 12 dias.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Michael Mendes Paes, a manicure, de 25 anos, sofria de um quadro de gravidez psicológica e teria mentido ao marido e familiares que realmente esperava um bebê. A polícia acredita que a suspeita premeditou o crime, já que precisava concretizar a mentira da suposta gravidez.

“Ela mentia para todo mundo, principalmente para o marido, sobre essa suposta gravidez. Inclusive ela chegou a fazer um chá de bebê há algum tempo, mas esse bebê nunca existiu. Foi chegando o momento de ela ter essa suposta criança e ela encontrou essa vítima em um posto de saúde. Ela conversou com a adolescente e a convenceu de ir à casa dela, onde entregaria roupas para o bebê da vítima”, contou o delegado aoG1. Além do chá de bebê, a manicure comprava roupas e tinha montado em sua casa todos os acessórios para um recém-nascido. Os familiares acabavam acreditando na história, já que a suspeita tinha uma estrutura corporal grande.
Adolescente foi assassinada e teve o bebê roubado pela suspeita em Querência (MT). (Foto: G1)
Adolescente foi assassinada e teve o bebê roubado pela
suspeita. (Foto: G1)

Conforme o delegado, enquanto a adolescente olhava as roupas para o bebê, a manicure a atingiu com o martelo. A adolescente estava sentada na cama e ouvia música pelo fone de ouvido do celular. “Em um ato inconsequente, ou por algum transtorno mental, ela deu duas marteladas na cabeça da menina. Após isso ela colocou a garota em um saco, lavou os lençóis e pegou a criança”, relatou Paes.

A manicure chegou a falar para vizinhos e testemunhas que o bebê era dela e que tinha acabado de dar à luz no hospital. No final da tarde os investigadores encontraram o corpo da vítima no saco plástico em um terreno baldio da casa da manicure, encostado em sacos de lixo.

Em depoimento à polícia a suspeita confessou o crime e disse que precisava do bebê por ter essa gravidez psicológica. A criança foi encontrada na casa de uma cliente da manicure e foi entregue para os avós maternos. Na madrugada deste sábado (14) a suspeita foi encaminhada para uma unidade prisional de Água Boa, a 736 km de Cuiabá.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes