sábado, 02/03/2024
Banner animado
InícioSegurançaNORTE DO MATO GROSSO: sociedade assina manifesto pelo fim da violência...

NORTE DO MATO GROSSO: sociedade assina manifesto pelo fim da violência doméstica e feminicídio

Banner animado

Foto: Ascom Prefeitura/Andrew Aragão

Além de Lucas do Rio Verde, Cuiabá, Cáceres, Sinop, Juína, Várzea Grande e Colíder também promoveram manifestações pelo fim da violência contra mulheres, cis e trans

Devido aos recentes casos de feminicídio ocorrido em Lucas do Rio Verde, a Secretaria de Assistência Social e Habitação organizou um ato para mobilizar a sociedade na quinta-feira (18). Um manifesto foi lido e assinado na Praça da Liberdade, ao lado do Mercado do Produtor Edivino Geller, no bairro Jardim das Palmeiras.

Além de Lucas do Rio Verde, Cuiabá, Cáceres, Sinop, Juína, Várzea Grande e Colíder também promoveram manifestações pelo fim da violência contra mulheres, cis e trans.

Mais de 170 instituições do estado assinaram o manifesto que orienta o ‘Ato por justiça para as mulheres de Mato Grosso e pelo fim do feminicídio’.

A primeira-dama e secretária de Assistência Social e Habitação, Janice Ribeiro, liderou a iniciativa no município. “O ano começou recentemente e infelizmente esse mal que tira vidas de mulheres do nosso município continua sendo realidade. O manifesto, lido neste dia por 8 mulheres da sociedade, possui uma série de reivindicações para dar um basta nessa situação. É urgente sair do conformismo e da ignorância. Não queremos vozes silenciadas”, acrescentou a secretária.

Os participantes levaram faixas pedindo o fim da violência doméstica, exposição fotográfica e músicas que chamaram atenção de quem circulava pela praça. O prefeito Miguel Vaz esteve presente, assim como demais autoridades do poder legislativo, forças de segurança e judiciário.

O manifesto trouxe dados do aumento dos casos de feminicídio em Mato Grosso, sendo: 38 em 2018; 39 em 2019; 62 em 2020; 43 em 2021; 47 em 2022; e 49 em 2023. Em Lucas do Rio Verde, foram 2 consumados e 1 tentado em 2021; em 2022, 1 consumado e 1 tentado; 2023 – 1 consumado e 2 tentados e em 2024 – 2 consumados e 1 tentado.

O documento foi encaminhado para as autoridades do Estado.

FONTE: ASCOM PREFEITURA/MAÍRA MATOS

ARTIGOS RELACIONADOS
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes