terça-feira, 16/04/2024
Banner animado
InícioDicas & ReceitasPor que a espuma é branca?

Por que a espuma é branca?

Banner animado

Usamos tantos produtos que formam espuma no nosso cotiano, mas mesmo que sejam de diversas cores, a espuma é branca

Por Renata Mendes Gonçalves, editado por Bruno Ignacio de Lim

Lavagem das mãos com sabonete sempre forma espuma branca

Já reparou que você pode usar sabonetes de várias cores, tanto líquidos, quanto em barra, shampoos, sabões e detergentes, a espuma formada é sempre branca? E por que isso acontece? A explicação tem mais a ver com a física do que com a química. Entenda!

A espuma é branca porque as bolhas interagem com a luz. Cada bolha funciona como um pequeno prisma, dividindo a luz branca que bate nela em reflexos de todas as cores do arco-íris. Como a mistura de todas as cores resulta no branco, é assim que vemos a espuma.Play Video

Mas existem outros fatores que contribuem para a espuma ser branca sempre. Os corantes presentes nos produtos se dissolvem bastante ao entrarem em contato com a água. Já as bolhas que formam a espuma são bem fininhas. Daí, a cor, que já não era tão forte depois de ter sido diluída, torna-se ainda mais fraca nessa camada fina. 

Entrando em uma explicação mais técnica no campo da física, a espuma é branca por conta da seguinte linha de raciocínio. Acompanhe:

  • O corante dissolve-se facilmente na água.
  • As paredes das bolhas de sabão são finas e transparentes, pelo que a presença de corantes é mínima e imperceptível.
  • Cada bolha funciona como um pequeno prisma, dividindo a luz branca que bate nela em reflexos de todas as cores do arco-íris.
  • As dimensões físicas das bolhas são maiores do que os comprimentos de onda de qualquer luz visível. Por isso, ao bater nas bolhas, a luz é espalhada, resultando na mistura óptica de todas as cores – o branco

A cor da espuma e a luz

Quando a luz entra na jogada, podemos enxergar a espuma com outra coloração. A cor da espuma depende da luz. Se a espuma é iluminada pelo Sol, veremos a cor branca. Já em uma sala escura e sob uma lâmpada vermelha, ela vai parecer avermelhada. 

No caso clássico do sabonete colorido, a cor do corante é anulada na espuma porque a bolha tem muito mais ar do que sabonete. Ou seja, a substância que dá a coloração fica retida em uma película muito fina.

A cor da espuma não tem nada a ver com o corante. As dimensões físicas dessas bolhas (em torno de 1.500 nm) são maiores do que os comprimentos de onda de qualquer luz visível. Por isso, ao bater nas bolhas, a luz é espalhada, resultando na mistura óptica de todas as cores – o branco.

Espuma branca e a poluição

Rio com espuma branca formada por poluição

Diversas vezes vemos imagens de águas com espuma branca em rios, mares e córregos, infelizmente. A imagem parece até bonita, mas na realidade é muito preocupante.

A espuma branca na água poluída é geralmente causada por produtos químicos, como detergentes e xampus, que são despejados nos rios. A espuma é mais evidente no inverno, quando há pouca chuva e os poluentes ficam mais concentrados. 

Essa espuma branca pode ser extremamente prejudicial à saúde e causar várias doenças. As pessoas podem respirar os poluentes na forma de espuma e contaminar-se com bactérias e outros poluentes que estão na água. 

Também pode ser resultado de biodegradáveis que estão na água. A espuma retira do rio outros contaminantes, inclusive bactérias que estão na água e que são dispersados no ar. 

O problema poderia ser solucionado com a implantação de sistemas adequados de esgotamento sanitário, incluindo a coleta, afastamento, tratamento e disposição final dos esgotos domésticos.

Como a espuma se forma?

A espuma é uma mistura de um dispersante sólido ou líquido e um disperso no estado gasoso. Por exemplo, quando um gás é borbulhado em um líquido, notamos a formação de bolhas enormes. 

A espuma também pode ser formada quando o ar se junta a uma mistura de água e sabão. As bolhas de sabão flutuam sobre a superfície da água, uma vez que o ar é bem mais leve do que qualquer outro líquido. 

A espuma também pode ser formada quando as ondas quebram no mar, injetando ar na coluna de água. As bolhas menores acabam por se desfazer, mas as maiores permanecem na superfície, aglomeram-se e formam a espuma. Também pode ser formada por compostos orgânicos como sabão e detergentes, sob agitação.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes