terça-feira, 05/03/2024
Banner animado
InícioAGRONOTÍCIASMeio AmbienteProjeto Verde Novo finaliza 2023 com mais de 196 mil mudas plantadas

Projeto Verde Novo finaliza 2023 com mais de 196 mil mudas plantadas

Banner animado

O Projeto Verde Novo, do Poder Judiciário de Mato Grosso, encerra o ano de 2023 com mais de 196 mil mudas de árvores frutíferas e nativas plantadas ou distribuídas em Cuiabá, além da realização de 680 ações ambientais e a formalização de inúmeras parcerias para atividades teóricas de conscientização, envolvendo o incentivo ao plantio e a conservação de árvores em espaços urbanos públicos e privados.

Em alusão as festividades de Natal, o Verde Novo decidiu inovar com a montagem de uma imensa ‘árvore de mudas’. A árvore que fez parte da agenda de inauguração do Complexo dos Juizados Especiais de Cuiabá ‘Desembargador José Silvério Gomes’, realizada na última semana, despertou a curiosidade de magistrados, servidores, convidados e participantes do evento.

Mais de 360 mudas entre acerola, pitanga, caju, amora, tamarindo, jacarandá, pata de vaca e ipês nas cores amarelo, branco e rosa foram distribuídas em comemoração à nova sede dos Juizados.

A proposta da ‘árvore de mudas’ é exatamente estimular o interesse da população para o plantio de novas árvores, a fim de ampliar a área verde em Cuiabá, além de sensibilizar a população de forma criativa, sobre a importância da arborização e de atitudes simples que podem contribuir para mitigar os efeitos do aquecimento global, como evitar a queimada urbana, o descarte irregular de lixo e esgoto nos rios, o desperdício de água e energia elétrica, entre outras.

O projeto é desenvolvido há seis anos pelo Poder Judiciário de Mato Grosso, por meio do Juizado Especial Volante Ambiental (Juvam) de Cuiabá, e coordenado pelo juiz Rodrigo Curvo, titular da Vara Especializada do Meio Ambiente.

Segundo o assessor do Juizado Volante Ambiental de Cuiabá (Juvam) e um dos gestores do projeto, Sérgio Savioli Resende, a rearborização, principalmente da área urbana, tem forte impacto no combate à emissão de gases de efeito estufa, e contribui de forma significativa para a redução das altas temperaturas e conservação da umidade relativa do ar.

“A pretensão do projeto vai muito além de reconquistar o título de cidade verde. As árvores são condicionadores naturais de ar e têm um papel fundamental na manutenção do clima. São elas que ajudam a reduzir a temperatura, umidificar o ar e frear a velocidade dos eventos. As arvores são soluções naturais para o controle, por exemplo, dos efeitos climáticos que temos vivido e sentido na pele, nos últimos anos”, frisou Sérgio.

Entre as novidades para o próximo ano, está a possibilidade de que outros municípios e comarcas possam aderir ao projeto. As entidades, órgãos, empresas ou pessoas físicas que também estejam interessadas em se tornar parceiros do Verde Novo, poderão entrar em contato acessando o portal – projetoverdenovo.tjmt.jus.br , ou pelo e-mail: verdenovo@tjmt.jus.br

#Paratodosverem. Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual. Primeira imagem: Árvore de Natal formada por mudas durante inauguração do Complexo dos Juizados Especiais de Cuiabá. Segunda imagem: Servidora vestida de blusa na cor rosa manuseia as opções de mudas expostas na arvore. Terceira imagem: Crianças alcançadas pela distribuição de mudas realizada pelo Verde Novo.

Naiara Martins/Fotos: Ednilson Aguiar/Alair Ribeiro TJMT

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes