terça-feira, 16/04/2024
Banner animado
InícioAGRONOTÍCIASAgronegócioRobô brasileiro pode mudar agricultura em grande escala

Robô brasileiro pode mudar agricultura em grande escala

Banner animado

A máquina é alimentada por inteligência artificial, funciona com energia solar e pode monitorar todos os tipos de culturas

Gabriel Sérvio  

A novidade chamada Solix AG Robotics promete auxiliar os produtores a evitar o desperdício, melhorar rendimentos e adotar práticas de produção mais sustentáveis.
Robô agrícola da startup brasileira Solinftec. Imagem: Divulgação/Solinftec

Tudo sobre Inteligência Artificial

A startup brasileira Solinftec afirma que criou o primeiro robô voltado para agricultura em grande escala. Chamado de Solix AG Robotics, a novidade promete auxiliar os produtores a evitar desperdícios, melhorar rendimentos e adotar práticas de produção mais sustentáveis.

Como funciona o robô

  • A máquina é alimentada por inteligência artificial, funciona com energia solar e pode monitorar todos os tipos de culturas, incluindo soja, milho, cana-de-açúcar, cebola, batata e tomate.
  • O Solix AG também pode acompanhar o desenvolvimento de plantas individuais, bem como economizar custos com herbicida por meio de pulverização direcionada.
  • Um recurso chamado “caçador” elimina insetos usando eletricidade e feixes de luz, diz a empresa.

O CEO Britaldo Hernandez disse à Reuters que o plano era criar um robô pronto para viver 24 horas na fazenda, entendendo todo o ecossistema de produção.

A empresa quer aproveitar o cenário de alta demanda por  ferramentas de “agricultura de precisão” para acelerar as entregas do robô agrícola no Brasil e também nos EUA. A dupla de paíse está entre os maiores produtores de alimentos do mundo.

Segundo a Solinftec, os agricultores do cinturão do milho que testaram o recurso de pulverização do robô em solo americano reduziram em média 95% o uso de herbicidas.

Preço

  • Cada unidade do Solix AG é vendida por US$ 50 mil, cerca de R$ 242 mil em conversão direta.
  • Até o fim de 2023, 40 unidades serão entregues aos clientes no Brasil e EUA (o dobro das entregas em 2022). Para 2024, a projeção sobe para 250 exemplares.

Atualmente, a Solinftec possui duas fábricas, uma no Brasil e outra nos EUA. A capacidade de produção anual, segundo a empresa, é de 1.600 robôs.

Entre os clientes da empresa que já receberam o Solix, está a gigante do açúcar e etanol Raizen e a multinacional brasileira de grãos Amaggi.

Do Olhardigital

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes