sábado, 24/02/2024
Banner animado
InícioNotíciasSaúde Só 38% dos fundos prometidos para combater epidemia do EBOLA ...

Só 38% dos fundos prometidos para combater epidemia do EBOLA foram entregues

Banner animado

iLABORATÓRIO S JOSÉ

magem destaque reprodução web

Apenas pouco mais de um terço dos fundos prometidos para combater a epidemia de Ébola na África Ocidental foram entregues, o que pode ter acelerado a propagação do vírus, segundo um estudo da British Medical Journal (BMJ).

Só 38% dos fundos prometidos para combater epidemia foram entregues

                             “Até 31 de dezembro de 2014, os doadores tinham prometido um total de 2,89 mil milhões de dólares (2,53 mil milhões de euros) para apoiar a ação internacional contra a epidemia de Ébola. No entanto, apenas 1,09 mil milhões foram efetivamente pagos”, indicou Karen Grépin, especialista em questões de saúde a nível mundial na Universidade de Nova Iorque, no relatório divulgado na terça-feira.

Os fundos entregues até final do ano passado correspondiam a cerca de 38 por cento do que tinha sido prometido.

“O problema não foi a generosidade dos doadores (as necessidades para combater a epidemia foram avaliadas em 1,5 mil milhões de dólares), mas o facto de os recursos não terem sido disponibilizados com a rapidez suficiente”, explicou Grépin.

E o atraso “pode ter contribuído para a propagação do vírus”, considerou.

A Organização Mundial de Saúde decretou a mobilização mundial face à epidemia de febre hemorrágica Ébola no início de agosto de 2014, mas os primeiros 500 milhões de dólares de ajuda só estiveram disponíveis em meados de outubro, sublinha o estudo.

A propósito, o relatório assinala a necessidade “de um mecanismo para permitir um desembolso mais rápido dos fundos para combater as ameaças para a saúde pública como o Ébola”.

A progressão da doença, que causou cerca de 9.000 mortos num ano, regista um claro abrandamento no último mês nos três países da África Ocidental que constituem o seu epicentro (Libéria, Guiné-Conacri e Serra Leoa).

Esta epidemia de Ébola foi a mais grave desde que o vírus foi identificado em 1976, na África Central.

Postada por JL Pindado Verdugo

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes