sábado, 24/02/2024
Banner animado
InícioNotíciasSaúdeSUS vai oferecer novo tratamento avançado contra AVC

SUS vai oferecer novo tratamento avançado contra AVC

Banner animado

Por Vitor Guerra

Imagem de capa para SUS vai oferecer novo tratamento avançado contra AVC
A portaria do SUS sobre o tratamento avançado contra AVC já foi publicada. Veja os hospitais habilitados ao procedimento. – Foto: Reprodução/Marcello Casal Jr (Agência Brasil).

O SUS segue inovando e dessa vez adotou um tratamento avançado e inovador contra casos de acidente vascular cerebral isquêmico agudo (AVC) grave. Publicada no Diário Oficial da União, a portaria já habilitou 12 hospitais em todo o Brasil. Viva a saúde pública!

A trombectomia mecânica é um procedimento que pode reduzir as taxas de mortalidade e sequelas que um AVC pode deixar. Depois de ser incorporado ao SUS em 2021, faltava ao Ministério da Saúde definir o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT), ou seja, como a rotina do tratamento seria adotada pelos hospitais.

Entre os hospitais habilitados para realizar o procedimento estão o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, o Hospital das Clínicas da Unicamp de Campinas, o Hospital de Base do Distrito Federal e muito mais.

O que é a trombectomia?

A trombectomia mecânica é um procedimento feito através de cateterismo.

Indicado para o tratamento dos pacientes com AVC isquêmico, a trombectomia ajuda na desobstrução da artéria cerebral.

Um cateter leva um dispositivo até uma artéria cerebral para promover a retirada do trombo, ou seja, a desobstrução.

O procedimento é indicado para pacientes acima dos 18 anos e com janela terapêutica de no máximo 24 horas de evolução dos sintomas.

Hospitais autorizados

O estudo colaborativo RESILIENT, envolvendo a Rede Nacional de Pesquisa em AVC, com financiamento do Ministério da Saúde, serviu como critério inicial para seleção de quais hospitais estariam aptos.

Veja abaixo a lista de hospitais credenciados:

  • Hospital Geral de Fortaleza (CE)
  • Hospital de Base do Distrito Federal (DF)
  • Hospital Estadual (ES)
  • Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre (RS)
  • Hospital das Clínicas (RS)
  • Hospital Municipal São José (SC)
  • Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina e Botucatu (SP)
  • Hospital das Clínicas da Unicamp de Campinas (SP)
  • Hospital das Clínicas FAEPA Ribeirão Preto (SP)
  • Hospital de Base de São José do Rio Preto (SP)
  • Hospital Santa Marcelina São Paulo (SP)
  • HC da FMUSP Hospital das Clínicas São Paulo (SP)

Recursos anuais

Com o tratamento complexo e estimado em R$ 17.807  por procedimento, o Ministério da Saúde determinou na portaria a alocação de recursos anuais para atender a população.

O montante está estimado em R$ 73,9 milhões e foi estabelecido pelo Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde – Grupo de Atenção Especializada.

O Fundo Nacional de Saúde (FNS) vai adotar medidas para a transferência dos valores mensais relativos ao procedimento de acordo com a apuração da produção de serviços registrada na base de Dados Sistema de Informações Hospitalares – SIH/SUS

A portaria é assinada pela ministra Nísia Trindade Lima e foi publicada no Diário Oficial da União no último dia 27.

A Trombectomia Mecânica (TMI) pode em ajudar em até 80% dos caso de AVC. Foto: Reprodução.

A Trombectomia Mecânica (TMI) pode em ajudar em até 80% dos caso de AVC e passa a ser usada em tratamento do SUS. – Foto: Reprodução.

Espalhe Notícia Boa!

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes