sexta-feira, 01/03/2024
Banner animado
InícioNotíciasSaúdeVacina da Dengue é Incorporada no SUS pelo Ministério da Saúde

Vacina da Dengue é Incorporada no SUS pelo Ministério da Saúde

Banner animado

O registro da Qdenga (TAK-003), do laboratório japonês Takeda Pharma, foi aprovado pela Anvisa em março deste ano

 Foto: Divulgação

    O Ministério da Saúde decidiu incorporar a vacina da dengue ao Sistema Único de Saúde (SUS). O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira (21) pela ministra da Saúde, Nísia Trindade, nas redes sociais.

Ainda de acordo com Nísia, a vacinação com o novo imunizante deve começar em fevereiro de 2024.

“Incorporamos a vacina da dengue ao #SUS. O Brasil será o primeiro país com sistema universal como o nosso a dar acesso público a ela”, escreveu a ministra no X (antigo Twitter).

O registro da Qdenga (TAK-003), do laboratório japonês Takeda Pharma, foi aprovado pela Anvisa em março deste ano.

A vacina japonesa é a primeira liberada no Brasil para pessoas que nunca entraram em contato com o vírus da dengue.

De acordo com a Anvisa, a Qdenga é indicada para a faixa etária de 4 a 60 anos e é aplicada em um esquema de 2 doses, com intervalo de 3 meses entre as aplicações.

A vacina japonesa é composta por 4 sorotipos diferentes do vírus causador da dengue e ela também poderá ser aplicada em quem já teve a doença.

Não há distinção entre quem teve ou não a dengue, desde que esteja dentro da faixa etária estipulada pela Anvisa para aplicação das doses.

Até então, a única vacina contra a dengue disponível no Brasil era a Dengvaxia, fabricada pelo laboratório francês Sanofi Pasteur. O imunizante é recomendado somente para quem já foi infectado com o vírus da dengue.

A vacina francesa protege contra uma possível segunda infecção, que, no caso da dengue, pode se manifestar de forma mais agressiva e levar à morte.

Inicialmente, ainda de acordo com Nísia, o SUS só oferecerá 6,2 milhões de doses ao longo de 2024. Como a vacina é aplicada em um esquema de duas doses, cerca 3,1 milhões de pessoas poderão ser vacinadas.

O Ministério da Saúde ainda disse que nesse primeiro momento a vacinação será focada em “público e regiões prioritárias”. “Até o início do ano, faremos a definição dos públicos alvo levando em consideração a limitação da empresa Takeda do número de vacinas disponíveis. Faremos priorizações”, explicou Nísia.

Os principais sintomas da dengue são:

  • Febre
  • Dor no corpo e articulações
  • Dor atrás dos olhos
  • Mal-estar
  • Falta de apetite
  • Dor de cabeça
  • Manchas vermelhas no corpo

Se identificar algum desses sintomas, a orientação é procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados.

Imagem destacada/reprodução internet

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes