quarta-feira, 21/02/2024
Banner animado
InícioGeralEconomiaBanco Central libera pagamentos com cartão de crédito, débito e pré-pago no...

Banco Central libera pagamentos com cartão de crédito, débito e pré-pago no WhatsApp

Banner animado

Entenda como funciona

Imagem: reprodução internet

BC libera pagamentos com cartão de crédito, débito e pré-pago no WhatsApp. Entenda

              O Banco Central (BC) decidiu retirar as medidas que impediam a realização de transações de compra com cartões de crédito, débito e pré-pago por meio do WhatsApp no Brasil, informou a autarquia nesta quinta-feira.

Com a mudança, será possível usar o WhatsApp Pay para fazer pagamentos para empresas dentro do aplicativo. Até então, era possível apenas a utilização do WhatsApp para transferências de recursos entre indivíduos.

O BC ainda determinou que o início das transações de pagamento por meio do aplicativo WhatsApp “deve ser comunicado pelos instituidores a todos os participantes de seus arranjos de pagamento com antecedência mínima de 30 dias”, segundo comunicado do órgão. Ou seja, a ferramenta não estará disponível imediatamente para os usuários.

A liberação do serviço veio por meio da “cessação completa” de medidas coercitivas aplicadas à Mastercard e à Visa, que suspendiam essa modalidade no país. No final do ano passado, a autarquia já havia concedido um aval preliminar para as duas empresas, embora não permitisse ainda o funcionamento da ferramenta.

A liberação pelo BC foi comemorada pelo Mark Zuckerberg, presidente-executivo da Meta, controladora do WhatsApp.

“Atualização do WhatsApp do Brasil: o Banco Central acaba de autorizar o lançamento de nosso novo recurso de pagamento para que as pessoas possam pagar pequenas empresas diretamente no WhatsApp. Ansioso para lançar isso em breve”, afirmou, em seu canal no Instagram, rede social também controlada pela Meta.

O chefe do WhatsApp para América Latina, Guilherme Horn, disse que o pagamento de produtos e serviços em uma conversa usando cartões Mastercard e Visa será liberado “em breve”.

“Acreditamos que o pagamento de pessoas para empresas via WhatsApp terá um grande impacto para todos, trazendo facilidade e simplicidade para os usuários ao mesmo tempo em que ajudará as pequenas e médias empresas a aumentarem suas vendas”, afirmou.

A Meta, então ainda chamada de Facebook, lançou o serviço de transferência de recursos entre indivíduos via WhatsApp no Brasil em meados de 2020, mas a ferramenta foi rapidamente suspensa pelo BC. A autarquia só liberou o funcionamento em março de 2021, com o serviço reiniciando em maio daquele ano.

Como vai funcionar?

Para que os usuários possam enviar e receber dinheiro pelo WhatsApp, será preciso cadastrar um cartão na função Facebook Pay. Veja como vai funcionar:

  • Haverá uma função, no mesmo menu do envio de imagens, chamada “Pagamento”.
  • Quando o usuário clicar nela, o aplicativo vai pedir um valor e redirecionar para a criação de uma conta.
  • Será preciso aceitar os termos de uso da plataforma e criar uma senha numérica de 6 dígitos.
  • Depois, o usuário vai precisar incluir nome, CPF e um cartão emitido por um dos bancos parceiros.
  • Será preciso verificar o cartão junto ao banco, que vai enviar um código ao usuário por SMS, e-mail ou aplicativo do próprio banco. Esse código serve para impedir o cadastro de cartões roubados, por exemplo.
  • De acordo com o WhatsApp, o uso da senha (ou reconhecimento biométrico do celular) vai ser necessário toda vez que o usuário for enviar dinheiro. As informações de cartão são encriptadas.

extra.globo

ARTIGOS RELACIONADOS
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes