sábado, 25/05/2024
Banner animado
InícioColider Em EvidênciaDesafiando a idade e desbravando Estradas: A Saga do Fuscão Poderoso de...

Desafiando a idade e desbravando Estradas: A Saga do Fuscão Poderoso de João Suffiatti, de Colider/MT

Banner animado

          

  Conduzindo com destemor o icônico FUSCÃO PODEROSO, um clássico de 1.300 litros, fabricado no longínquo ano de 1978, João Suffiatti, um orgulhoso residente de Colider, iniciou uma jornada memorável no dia 1º de abril deste ano. Com o horizonte como seu único limite, ele empreendeu uma viagem de 2.500 quilômetros, atravessando estradas e fronteiras, consumindo 219.8 litros de gasolina ao longo de quatro dias até finalmente alcançar os encantos de Xanxerê, no estado de Santa Catarina.

           Sua chegada não passou despercebida. Os catarinenses, especialmente os membros da Concessionária Auto Xanxerê, foram tomados por surpresa e encanto ao testemunhar a chegada triunfal de João Suffiatti e seu fiel companheiro de estrada. Não é para menos, afinal, foi ali, naquela mesma concessionária, que seu pai, Sr. Arlindo Suffiatti, adquiriu em 13 de março de 1978 o lendário Volkswagem Marrom C. Saveiro, cuja placa inicial, XA-0203, permanece gravada no manual do veículo. E com justa alegria, João apresentou o venerável fusca, que saiu das linhas de montagem há 46 anos, como um verdadeiro tesouro resgatado do passado.

           E enquanto aguarda ansiosamente pela data do 8º Encontro Estadual de Carros Antigos, marcado para os dias 20 e 21 de abril, em Xanxerê, João Suffiatti não deixa tempo ocioso. No domingo anterior, dia 7, ele participou de encontro de veículos antigos em Cordilheira  Alta / SC. Já no dia 14-04 dirigiu-se até Palmas, Paraná, para participar do 2º Encontro de Carros Antigos realizado no Parque de Exposições Luiz Fernando Abreu Ferreira, carinhosamente conhecido como “Pé Vermelho”.

        Nesse evento, que reuniu mais de 200 veículos vindos de diversas partes do Brasil, o “Poderoso Fusca” se destacou ao conquistar o troféu da 1º colocação na categoria de maior distância percorrida, totalizando impressionantes 2.500 quilômetros rodados desde Colider.

          Apoiaram a aventura de Suffiatti com seu Poderoso Fusca, os comerciantes colidenses: Brito Auto Peças,  Posto Ouro Branco, Marciel  do Mercado Meio Preço, Sr. Antônio, da  Brink & Lar e AVAC-Associação Veículos  Antigos de Colider, além de Auto Xanxerê – Agência  Volkswagen  em Xanxerê/SC

     Agora, permita-me guiá-lo pela trajetória épica do PODEROSO-FUSCA 1300L, ano 1978, narrada(abaixo) na própria voz de João Suffiatti.

*DLuz / Da Redação Folha de Colider

                        PODEROSO- FUSCA 1300L  – ANO 1978

Quero aqui deixar registrado a história do meu fusquinha o qual dei o nome de “PODEROSO” (a razão pelo nome informarei mais adiante, no momento oportuno).

              No dia 08/03/1978 ele foi vistoriado em São Bernardo do Campo/SP. E saiu para a agência da Volkswagem em Xanxerê/SC. E vistoriado para entrega em 13/03/1978 quando vendido para o Sr. Arlindo Suffiatti, morador da comunidade Sede Roseira no município de Xanxerê/SC. Com a placa inicial de XA-0203 na cor Marrom C. Saveiro (conforme consta no manual).

             Lembro bem que meu pai criava Suínos e na época vendeu a carga de uma F-4000 (40 suínos) e ainda não foi o suficiente para quitar o fusquinha. (em valores não lembro nada).

               Eu ainda nem tinha habilitação, mas a vontade de andar de fusca era muito grande, pois já sabia dirigir, mas era difícil meu pai deixar, mas por ser o único filho homem numa família com mais 6 irmãs acabava que eu levava uma certa vantagem com meu pai pois nós éramos muito ligados afetivamente.

            Já nos meus 17 anos quando comecei os namoros este fusca e eu tivemos muitas histórias juntos, começando que ele me levou para a cidade de Francisco Beltrão/PR quando  eu fugi de um casamento (o pai da Hilda Rosane, seu Luiz era muito bravo) e sabia que nós andava com um caso escondido e queria me obrigar a casar com ela e acabei fugindo pra não me casar aos 18 anos e lá no Paraná permaneci por quase um ano.

               Quando voltei para Xanxerê-SC. Lembro que em uma ocasião num concurso de Rainha da Primavera a  minha irmão Sirlei participou e foi eleita “Rainha” e eu estava presente no dia do baile da entrega da faixa e acabou que este fusquinha mais uma vez teve sua participação quando me encantei pela segunda colocada “A Princesa” a Catarina que morava na comunidade Linha Salete e a levei até sua casa e lá começou outra história de amor e por algum tempo o fusquinha e a pick-up Ford F-75(que também meu pai tinha, a qual dei o nome de “Catarina”) fazia o trajeto até a Linha Salete para ver a amada… que por um ato de desonestidade minha  perdi a sua confiança e tudo acabou.

               Posteriormente com 20 anos de idade quando minha família já morava na cidade, numa noite em minha rotina escolar à noite encontrei a Lucivana (que estudava de dia) mas tinha ido ao colégio fazer trabalha na biblioteca do colégio e me encantei pela loirinha…

                  Quando a minha irmão Sirlei me apresentou a loirinha  o meu coração acelerou e naquela noite fui leva-la em casa neste fusquinha.

                    Passaram-se alguns dias a convidei para ir ao cinema a bordo do Fusquinha e tivemos lindos momentos à partir daquela noite e que dura até hoje, momentos que só nós 3 sabemos (eu, a Luci e o fusca (PODEROSO) e no dia 09-04-1983 nos casamos.

                    No ano de 2002 meu pai resolveu trocar de carro e passou o fusquinha para minha irmã Grandilia que posteriormente fez algumas mudanças nele, incluindo troca de cor e algum tempo depois passou ele para seu filho (meu sobrinho) Rafael que por sua vez ficou algum tempo e vendeu para seu primo (meu sobrinho) Eriberto em Campo Grande/MS.

              Algum tempo depois Eriberto me ofereceu ele a venda, mas na época eu não tinha dinheiro nem para comprar uma bicicleta (imagina o fusca). Beto vendeu e algum tempo depois ficou sem saber onde estava (fundiram motor dele e ficou abandonado no pátio de uma oficina) quando o Sr. Antônio Carneiro, proprietário de uma auto peça resolveu comprar e restaurar ele e procurou Grandilia para saber sobre o documento (pois nunca tiraram do nome dela) daí eu já conseguiria comprar e foi o que propus ao sr Antônio que se negou a vender.

              Depois de uns 3 anos aproximadamente sr. Antônio aceitou fazer uma permuta comigo num Corcel I ano 1975 e quando o fusquinha chegou pra mim eu olhei ele e disse: Você sobreviveu a todo este tempo e as vezes com maus tratos e nós tivemos tantas histórias lindas juntos, eu vou cuidar de você e te dar um nome especial porque você é UM PODEROSO.

                 Como funcionário Estadual da saúde trabalhava no Hospital Regional de Colider no período noturno e fiz um propósito de guardar todo valor que recebia como adicional noturno para a restauração do PODEROSO e fiquei fazendo isso aproximadamente dois anos, mas mesmo assim faltou muito dinheiro mas mesmo assim consegui finalizar o projeto faltando no momento apenas os bancos dianteiros para voltar ao original.

No dia 20-04-2023  foi a tão sonhada PRIMEIRA VIAGEM à bordo do Poderoso no 4º Encontro de Carros Antigos em Cuiabá, viagem esta que considero a melhor que tive até o momento, pois era tanta expectativa  para que chegasse logo o dia de ir e poderoso foi e voltou sem nenhum problema, rodamos 1.330 Km de ida e volta e consumo à base de 110 lts de gasolina.

Em Junho de 2023 estivemos no Encontro de Carros Antigos em Nova Mutum/MT.,  e rodamos  830 km.

Em Setembro de 2023 estivemos no Encontro de Carros Antigos em Sinop/MT., e rodamos 310 km.

Em Outubro de 2023 estivemos no Encontro regional de Carros Antigos em Paranaita/MT., e rodamos 470 km. Sempre tive um sonho de voltar com ele para a terra natal, me programei para um dia que tivesse um encontro de carros antigos em Xanxerê-SC.

*João Suffiatti

ARTIGOS RELACIONADOS
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes