terça-feira, 18/06/2024
Banner animado
InícioEleiçõesLula comete crime eleitoral explícito em SP ao pedir explicitamente votos para...

Lula comete crime eleitoral explícito em SP ao pedir explicitamente votos para o deputado federal Guilherme Boulos, pré-candidato a prefeito

Banner animado

 MUVUCADAS

O presidente Lula (PT) cometeu crime eleitoral nesta quarta-feira (1º), durante evento em comemoração ao Dia do Trabalho, realizado no estádio do Corinthians, em São Paulo. Lula pediu explicitamente votos para o deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP), pré-candidato à prefeitura da capital paulista.

“Só queria dizer para vocês o seguinte: esse rapaz, esse jovem, ele está disputando uma verdadeira guerra aqui em São Paulo. Ele está disputando com o nosso adversário nacional, ele está disputando contra o nosso adversário estadual, ele está disputando contra o nosso adversário municipal. Está enfrentando 3 adversários. Ninguém derrotará esse moço aqui se vocês votarem no Boulos para prefeito de São Paulo nas próximas eleições. Vou fazer um apelo: cada pessoa que votou no Lula em 1989, em 1994, em 1996, em 2006, em 2010, em 2022, tem que votar no Boulos para prefeito de São Paulo”, disse Lula.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), “é considerada propaganda antecipada passível de multa aquela divulgada fora do período permitido e cuja mensagem contenha pedido explícito ou subentendido de voto ou que veicule conteúdo eleitoral em local vedado ou por meio, forma ou instrumento não permitido no período de campanha”. Pela lei, a campanha eleitoral começa em 15 de agosto.

URGENTE: LULA COMETEU CRIME ELEITORAL!

Lula pediu votos para Guilherme Boulos em um evento hoje. Tal ação configura campanha eleitoral antecipada, considerada como crime eleitoral. pic.twitter.com/RXEFRpn4YL

— Marco Antônio Costa (@realmacosta) May 1, 2024

ARTIGOS RELACIONADOS
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes