terça-feira, 16/04/2024
Banner animado
InícioGeralNEGOCIOS & CIAÉ SÓ ENTRAR E TRABALHAR : as vantagens dos escritórios virtuais

É SÓ ENTRAR E TRABALHAR : as vantagens dos escritórios virtuais

Banner animado

Sala padrão de um escritório virtual tem mesa, cadeiras, telefone, estante e ar condicionadoFoto: Salmo Duarte / Agencia RBS

É só entrar e trabalhar: as vantagens dos escritórios virtuais Salmo Duarte/Agencia RBS

Pedro.machado@an.com.br

A professora de inglês Giana Gomes não tinha um local próprio adequado para atender seus alunos e nem condições financeiras para investir em um espaço que pudesse servir como sala de aula. Em 2008, ela encontrou uma solução para o problema: um escritório virtual. Desde então, utiliza a estrutura do Joinville Business Center (JBC), um dos prestadores desse tipo de serviço em Joinville (veja lista abaixo), para repassar seus conhecimentos a quem quer aprimorar o idioma. Ela leciona aulas individuais e para pequenos grupos de até cinco pessoas. Em algumas turmas, há inclusive funcionários de multinacionais instaladas na região Norte.

— O escritório virtual viabilizou o começo do meu negócio — conta Giana.

                     Mesmo pouco conhecidos da grande maioria, os escritórios virtuais vêm se multiplicando País afora e atraído, além de empresas, cada vez mais profissionais liberais. A estrutura oferecida, com espaços para reuniões, treinamentos e até para um cafezinho no meio da tarde, inclui energia elétrica, água, internet, serviços de limpeza e até secretária com atendimento personalizado na taxa única cobrada pela locação.

                       Uma sala padrão de 10 m² com mesa, cadeiras, telefone e ar-condicionado custa, em média, R$ 900 e pode ser utilizada à noite, fora do horário comercial, e até mesmo aos finais de semana e em feriados. Na ponta do lápis, esta alternativa se torna mais vantajosa do que arcar com os gastos de uma locação convencional (veja no comparativo ao lado), além de proporcionar outros benefícios.

— É um local mais formal e que causa uma impressão melhor do que receber um cliente em casa — avalia Rute Pogan Marquardt, que administra o JBC ao lado do marido, Ismar Rubens.

O aluguel desses espaços é flexível. Existem pacotes de ocupação mensal, mas é possível utilizar um escritório virtual para ocasiões esporádicas.

— A maioria dos nossos clientes loca por hora. Muitas vezes, são profissionais de empresas de outras cidades que prestam serviços em Joinville — conta Emily Dubiela Filippi, sócia da Ética Centro de Negócios.

A empresa ou o profissional liberal pode tirar proveito desse tipo de estrutura sem estar presente fisicamente nela. Uma das modalidades de serviço oferecida é a contratação de um endereço empresarial. Neste caso, o local onde funciona o escritório virtual passa a ser o endereço oficial do pequeno negócio, recebendo ligações, encomendas e correspondências destinadas a ele – que são devidamente repassadas em seguida via e-mail ou telefone.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes