quarta-feira, 28/02/2024
Banner animado
InícioCOMUNIDADE EM PAUTAEm Colider trotes contra os serviços de emergência são frequentes e causam...

Em Colider trotes contra os serviços de emergência são frequentes e causam transtornos

Banner animado

Elias Aranha

                        Ligações falsas para telefones públicos são frequentes. Bombeiros são os que mais sofrem. Os serviços de emergência do Batalhão Militar e Corpo de Bombeiros têm códigos curtos e de fácil memorização para que o cidadão possa acessar os serviços com rapidez em casos de emergência. Mas a rotina é quebrada diariamente por ligações falsas. Os trotes, além de gerarem despesas, podem custar vidas.

                       De acordo com o Bombeiro Pazim grande percentual das ligações para o atendimento do Corpo de Bombeiros Militar, o 193, são trotes.  No dia 12 de janeiro, em Colíder, uma ligação falsa levou ao deslocamento de uma viatura de Bombeiros ao Bairro Celídio Marques para atender um suposto acidente.  Pura perda de tempo, que causou enormes transtornos. Enquanto a viatura havia deslocado houve uma chamada de emergência dando conta de que uma idosa hipertensa e com hipoglicemia havia caído na residência e passava mal. Felizmente que os anjos urbanos e anônimos chegaram a tempo hábil e conduziram a ao PA do HRCol com um quadro de hipoglicemia em 40 e pressão 20×13.

                     O Corpo de Bombeiros é um serviço que está sofrendo muito com trotes. Segundo Pazim a frequência de ligações falsas criou um padrão de fácil reconhecimento. São rotineiras, em intervalos de escola (período das aulas normais), muitas crianças ligam. Quando é trote, geralmente é uma ligação só. A pessoa que atende pede o telefone para a pessoa que liga e retorna. Por exemplo, um incêndio numa determinada região central, muita gente liga. Quem não vê um incêndio na localidade onde mora? Quando é algo de relevância as ligações não param. O trote causa um transtorno muito grande. E o Comando espera que a comunidade se conscientize do fato e procura ajudar a combater esse vicioso costume.

 O número maior de trotes vem do Bairro Celídio Marques e tem causados aborrecimentos a exemplo do ocorrido no último dia 12.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes