sábado, 02/03/2024
Banner animado
InícioEMPREENDEDOR EM DESTAQUEGoverno busca parceiros para fortalecer ecossistema de empreendedorismo

Governo busca parceiros para fortalecer ecossistema de empreendedorismo

Banner animado

                 

Nayara Takahara | GAE-MT 
   Governo prospecta parceiros para fortalecer ecossistema de empreendedorismo e inovaçãoGoverno prospecta parceiros para fortalecer ecossistema de empreendedorismo e inovação – Foto por: Felipe Oliveira/GAE-MT

                      O Governo do Estado tem procurado estimular o fortalecimento do ecossistema de empreendedorismo e inovação de Mato Grosso e para isso tem fomentado a integração entre as comunidades locais. Em reunião com alguns dos principais representantes do ecossistema nacional, realizada em São Paulo, os secretários do Gabinete de Assuntos Estratégicos (GAE), Gustavo de Oliveira e Flávio Gomes, e o gerente de inovação, Felipe Oliveira, buscaram novos parceiros para Mato Grosso, entre eles o governo estadual paulista e o Google, o Cubo Coworking e a SP Stars, bem como a Fundação Estudar e a Endeavor Brasil.

                          De acordo com Flávio Gomes, secretário adjunto de Estruturação e Inovação do GAE, o governo estuda trazer e adequar à realidade do Estado a mesma proposta do espaço Cubo Coworking, que consiste em um centro de inovação tecnológica e ponto de encontro entre empreendedores, investidores, universidades e corporações. A equipe do Governo também fez contato com a Fundação Estudar, uma organização sem fins lucrativos que investe e auxilia estudantes recém-formados a seguir uma trajetória de impacto na carreira profissional. Em pauta, estreitar as relações entre as instituições e conhecer o LABx – programa voltado para o desenvolvimento de jovens lideranças.

                        Com o Google a conversa foi novamente um “dever de casa”, afirmou o gestor. As duas unidades conversaram sobre a rede interna de troca de experiência da gigante da internet, que escolheu São Paulo para montar o seu primeiro campus na América Latina, o sexto no mundo. Na ocasião, a empresa sinalizou abertura para estabelecer parcerias com o Estado, destacou Gomes.

               No Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo de São Paulo, a equipe do GAE se reuniu com representantes da subsecretaria de Parcerias e Inovação para tratar sobre a realização do Pitch Gov MT. Mato Grosso tem dialogado com o Executivo paulista, que em setembro do ano passado lançou o programa Pitch Gov SP, em parceria com a Associação Brasileira de Startups, buscando melhorias para a área da saúde, educação e facilidades ao cidadão. O intuito do programa é trazer as startups para perto do governo e tentar facilitar a conexão entre essas duas realidades. Na reunião também foram abordados outros temas relevantes para o Estado, como os espaços de incentivo à inovação criados na Arena Pantanal.

                Com a SP Stars, programa de mentoria gratuita oferecido pela Prefeitura de São Paulo, por meio do projeto Tech Sampa, o GAE conheceu as políticas de fomento para o fortalecimento das comunidades e das startups paulistas. Na avaliação da SP Stars, Mato Grosso pode se destacar como um polo de inovação ao investir na vocação para o agronegócio. 

                  Na avaliação do secretário Gustavo de Oliveira, o papel dos governos no apoio a inovação deve estar centrado em definir as prioridades estratégicas e criar um ecossistema que permita a inovação acontecer de maneira estruturada e prática, resolvendo os problemas que são apresentados pela sociedade ou pelos setores produtivos.

“A combinação de um ambiente saudável e indutivo de inovação precisa ter as instituições de ensino como parte do sistema produtivo de seu país e os governos têm um importante papel em prover essa conexão. O governo do Estado é uma dessas opções de via de inserção da estrutura governamental em um ambiente muito ágil e, de maneira geral, ainda não organizado, mas que tem um grande potencial de desenvolvimento econômico e de agregação de valor para Mato Grosso”, completou o secretário.

Empreendedorismo

Durante o encontro com a Endeavor Brasil, a instituição ressaltou que essa foi a primeira vez que o Governo de Mato Grosso procurou o grupo a fim de consolidar um canal direto para uma parceria. A organização está presente em mais de 20 países, com oito escritórios no Brasil, e apoia empreendedores ao redor do mundo na promoção de cultura empreendedora nos países em desenvolvimento.

Na oportunidade foi apresentado o estudo intitulado Índice de Cidades Empreendedoras 2015, no qual Cuiabá foi classificada como a 28° cidade mais empreendedora do Brasil, entre as 32 analisadas. Esta é a segunda edição do relatório produzido pela Endeavor, que apontou São Paulo como principal referência de ambiente para se abrir e fazer crescer uma empresa. 

De acordo com Flávio Gomes, o estudo foi elaborado com o objetivo de ajudar ecossistemas locais a serem cada vez mais férteis, servindo de base para que as cidades entendam como oferecer melhores condições para que seus empreendedores possam crescer. Segundo ele, a organização fez um estudo detalhado sobre Cuiabá, destacando em quais pontos a cidade pode melhorar e avançar no tema, e convidou o GAE a compor o Comitê da Rede Global de Empreendedorismo.

“A Endeavor elaborou um plano de ação de curto, médio e longo prazo mostrando como podemos preparar o ambiente de negócios para o empreendedor da Capital. Firmarmos essa parceria para o desenvolvimento do ecossistema local, pois ao melhorar a política de estímulo à inovação em Cuiabá o Estado cresce como um todo”, afirmou o gestor ao complementar que no próximo Fórum de Governadores, o estudo será apresentado por Mato Grosso aos demais Estados-membros do Consórcio Brasil Central.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes