terça-feira, 05/03/2024
Banner animado
InícioGeralEconomiaINVESTIMENTO: Fundeic terá R$ 15 milhões para micro e pequenas empresas em...

INVESTIMENTO: Fundeic terá R$ 15 milhões para micro e pequenas empresas em 2016

Banner animado

 PLUMA CONTABILIDADE

PUBLICIDADE

 

    D`Laila Borges | Sedec 

Cedem aprovou normas para financiamentos do Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial

                        O Conselho de Desenvolvimento Empresarial (Cedem) aprovou nesta quinta-feira (10) os critérios para financiamentos do Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Fundeic). Serão ofertados R$ 15 milhões para micro e pequenas empresas durante o ano de 2016. Este é o maior volume de recursos liberados pelo fundo nos últimos 12 anos.

               Ficou definido que do montante de recursos disponíveis para aplicação anual, 51% serão destinados às micro empresas e 49% às pequenas empresas.

                Entre os itens financiáveis estão o desenvolvimento de novos empreendimentos, expansão ou diversificação da capacidade produtiva, estruturação e fortalecimento de cadeias e arranjos produtivos locais, inovação e modernização tecnológica e ações de recuperação ou preservação ambiental.

                  Também fazem parte da lista os projetos do setor de turismo, especialmente para desenvolvimento, expansão e modernização de empreendimentos em polos turísticos, e projetos que utilizem fontes alternativas de energia, contribuindo para a diversificação da base energética do Estado.

Os empresários ainda poderão utilizar o financiamento, que terá um teto de R$ 200 mil por tomador, para adquirir veículos novos e usados com até dois anos, para o transporte turístico.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) é o órgão gestor do fundo e a Agência de Fomento de Mato Grosso (MT Fomento) será o agente financeiro e operacional, responsável pela aplicação dos recursos.

O Fundeic tem o objetivo de prover com recursos financeiros as atividades industriais e agroindustriais que tenham relevância no contexto da economia do Estado, visando acelerar o desenvolvimento econômico por meio do estímulo à melhoria da produtividade em empresas já constituídas ou novas.

Para o secretário adjunto de empreendedorismo da Sedec, Leopoldo Mendonça, a liberação desses recursos, que têm uma taxa de juros mais baixa que o Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO), de apenas 6,43% ao ano, irá movimentar a economia no Estado. “É um volume considerável para esse período difícil pelo qual a economia passa. Esses recursos darão uma movimentada na nossa economia”, disse.

FCO

Também foram aprovadas 30 cartas-consulta do FCO, totalizando R$ 40,6 milhões em investimentos. Juntas essas empresas devem gerar 576 empregos diretos e indiretos. Esses empréstimos têm como agentes financiadores o Banco do Brasil, o Sicredi e a MT Fomento.

Os conselheiros ainda aprovaram a renovação dos benefícios fiscais do Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Prodeic) para duas empresas e enquadrou outra. Também foram desenquadradas cinco beneficiadoras de grãos e três empresas do setor de comércio, além de um desenquadramento e três suspensões voluntários.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes