quinta-feira, 07/12/2023
Banner animado
InícioGeralEconomiaPROCON COLIDER: VIVO é multada em 30 mil por má prestação de...

PROCON COLIDER: VIVO é multada em 30 mil por má prestação de serviços

Banner animado

Pluma

 

Elias Aranha – Assessoria

O PROCON (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) de Colíder multou em R$ 30.000,00 (trinta mil reais) o grupo Telefônica Vivo. A razão da punição, segundo o órgão, foi a reclamação de diversos consumidores sobre a má prestação de serviços, especialmente os relacionados à telefonia móvel. O órgão não informou o número de queixas.

A companhia tem prazo de 10 dias para recorrer a partir do recebimento do documento do PROCON. O órgão de defesa do consumidor também afirmou que vai propor um compromisso para a empresa diminuir o número de reclamações.

                  Segundo Tiago Rosa, coordenador do PROCON Colíder e, a Vivo peca em oferecer serviços básicos ao consumidor, como demora em realizar reparos, má qualidade nas chamadas e dificuldade em atender pedidos de transferência de linhas. Problemas na contratação de combos e pacotes também foram apontados como razão para a penalidade.

                 De acordo com o PROCON, o valor da multa foi calculado com base no descumprimento dos artigos 18 e 22 do Código de Defesa do Consumidor. O primeiro diz que um fornecedor deve responder por “vícios de qualidade” de seu serviço. Já o segundo estabelece que empresas são obrigadas a “fornecer serviços adequados, eficientes, seguros.”

               Quanto à multa, a Telefônica Vivo ressalta que “trabalha e investe ininterruptamente para prestar serviços e atendimentos de qualidade a seus clientes”. Além disso, o grupo informou que boa parte de seus investimentos (R$ 24,3 bilhões entre 2011 e 2014) está destinado à expansão, aumento de capacidade e melhorias da infraestrutura de redes.

                “empresa VIVO foi multada por má prestação de serviço, por má qualidade nas ligações, a multa foi de 30.000,00 (trinta mil reais) mais como a VIVO é ré primária caiu para 20.000,00 (vinte mil reais) tendo prazo de trinta dias, o PROCON de COLÍDER está multando e autuando as EMPRESAS que não arcam com suas obrigações.” Concluiu o coordenador.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes