quarta-feira, 28/02/2024
Banner animado
InícioAGRONOTÍCIASAgronegócioUnem: temos milho para suprir a demanda e impulsionar a economia circular

Unem: temos milho para suprir a demanda e impulsionar a economia circular

Banner animado

A geração de uma economia circular em torno da primária dos grãos é uma das principais características e oportunidades criadas pela produção do etanol de milho. A questão foi uma das apontadas nesta quarta-feira (19) durante o Fórum Mais Milho, durante a Norte Show, em Sinop.

O Fórum Mais Milho em Sinop foi o segundo desta sétima edição do projeto Mais Milho.

“O objetivo do projeto é levar informação para o produtor. E, acho que o mais importante disso é trazer essa informação sobre o milho, principalmente aqui”, pontua Glauber Silveira, diretor executivo da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), moderador do evento.

De acordo com o presidente da União Nacional do Etanol de Milho (Unem), Guilherme Nolasco, fóruns e eventos como o realizado pelo projeto são importantes tanto para a cadeia produtiva do cereal quanto os demais setores produtivos.

  • Economia circular gerada pelo etanol de milho é um grande ganho para o Brasil, diz Unem

“Você mostra que a agroindústria pode gerar toda uma economia circular em torno da primária de grãos, hora exportáveis”.

etanol de milhoetanol de milho

Foto: Unem

Impulsionamento de produção e outras cadeias

Nolasco frisa que em uma região como a de Sinop, em torno da BR-163 no médio-norte mato-grossense, é “muito clara a riqueza que esse setor vem trazendo, impulsionando nas cadeias de proteína animal, produção de floresta plantada, e mais que isso, o produtor com renda ele faz mais investimentos e está aumentando a sua produtividade”.

Conforme o presidente da Unem, ficou claro durante o Fórum Mais Milho que o Brasil possui produção de cereal para atender tanto o mercado interno, incluindo a indústria de etanol, quanto ao mercado externo, cuja previsão é adquirir cerca de 50 milhões de toneladas.

As projeções de produção do cereal no país nesta safra 2022/23 apontam para cerca de 125 milhões de toneladas, das quais em torno de 46 milhões de toneladas oriundas somente de Mato Grosso.

+Confira mais notícias do projeto Mais Milho no site do Canal Rural

+Confira mais notícias do projeto Mais Milho no YouTube

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes