terça-feira, 16/04/2024
Banner animado
InícioComportamentoEmpresário deixa empresa de herança para os 700 funcionários

Empresário deixa empresa de herança para os 700 funcionários

Banner animado

Por Vitor Guerra

Imagem de capa para Empresário deixa empresa de herança para os 700 funcionários
Segundo Bob, o empresário que deixou a herança para os funcionários, o ato é uma forma de ser mais justo. Foto: Bob’s Red Mill.

Um empresário do ramo de alimentos faleceu na última semana e deixou uma baita surpresa para seus funcionários: ele transformou sua empresa em herança! Agora, todos os profissionais têm ações deixadas pelo homem.

Depois de ter se recusado a vender a empresa para grandes corporações, ele resolveu dividir tudo o que tinha entre as pessoas que o ajudaram a construir o império. O empresário então criou o Plano de Propriedade de Ações para Funcionários (ESOP).

De início, a empresa repassava uma porcentagem dos lucros aos profissionais. O plano foi se expandindo, até que se tornasse a empresa 100% propriedade dos 700 funcionários. Bob Moore é o fundador da Bob’s Red Mill. Figura conhecida nos Estados Unidos, Bob faleceu dia 10 de fevereiro aos 94 anos.

Mais de 70 países

Bob construiu um império e tanto.

Inicialmente a empresa atendia apenas moradores de Oregon, mas rapidamente cresceu e já está presente em mais de 70 países, oferecendo mais de 200 produtos.

Em 2010 ele recebeu propostas de grandes conglomerados internacionais para vender a marca, mas prontamente recusou.

Foi então que ele resolveu deixar um legado para seus funcionários…

Herança para trabalhadores

Bob estabeleceu um plano, que, ao longo dos anos, transformaria a empresa em 100% dos funcionários.

“Ele fez tudo ao seu alcance para nos deixar em um caminho forte. Todos nós nos sentimos responsáveis e motivados para preservar sua abordagem do velho mundo em relação aos alimentos não processados”, disse Trey Winthrop, CEO da Bob’s.

Ainda em vida, quando perguntado sobre o que motivou a doação, Bob respondeu: “Vim aqui para estudar a Bíblia, e a Bíblia diz para fazer aos outros o que gostaria que fizessem a você. […] E a participar nos lucros, a participação na empresa para tornar as coisas mais justas e mais benevolentes, impressionou-me a sentir-me fortemente a respeito”, disse.

Ele ainda explicou que o ESOP foi um longo processo durante anos.

“Originalmente, começamos a dar aos funcionários uma porcentagem dos lucros – sempre que você se sai bem, você paga a eles um dinheiro extra”, disse.

Conhecido por doações

Bob e sua esposa, Charlee, falecida em 2018, procuraram sempre inspirar as novas gerações.

Em vida, o casal sempre fez contribuições financeiras para as universidades de Oregon.

Eles ajudaram a financiar o Centro da Família Moore para Alimentos Integrais, Nutrição e Saúde Preventiva na Faculdade de Saúde e Ciências Humanas da Oregon State University.

Além disso, também foram responsáveis por vários programas de pesquisa em todo o estado, como o financiamento do Instituto Bob e Charlee Moore de Nutrição e Bem-Estar na Oregon Health Science University.

Agora, cada um dos 700 funcionários de Bob tem uma parte da fábrica. Foto: Bob's Red Mill.

Agora, cada um dos 700 funcionários de Bob tem uma parte da fábrica. Foto: Bob’s Red Mill.

Com informações de PR Newswire.

Espalhe Notícia boa!

ARTIGOS RELACIONADOS
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes