sexta-feira, 01/03/2024
Banner animado
InícioTRANSPORTESGREVE DOS CAMINHONEIROS: PRF prepara tropa de choque

GREVE DOS CAMINHONEIROS: PRF prepara tropa de choque

Banner animado
agro olhar
A Tropa de Choque poderá entrar em ação nesta segunda-feira (27) para desbloquear as rodovias federais e estaduais em Mato Grosso que estão fechadas desde o dia 23 de abril, em decorrência a greve dos caminhoneiros. O Estado conta com aproximadamente 10 municípios com pontos de bloqueios. Na manhã de hoje, Rondonópolis e Comodoro voltaram a trancar a rodovia às 7h, enquanto em Diamantino os caminhoneiros abrem por 2h apenas.
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, uma nova conversa com os manifestantes será realizada nesta segunda-feira para que desobstruam a passagem para todos os tipos de veículos. No momento estão liberados apenas carros de passeio, ônibus, ambulâncias, carros de polícia e veículos com cargas perecíveis e vivas (passam apenas se estiverem carregados).
A Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso não descarta a entrada da Tropa de Choque em ação caso não seja feita a liberação total das rodovias mato-grossenses.
A paralisação, por tempo indeterminado, é decorrente a não regulamentação da Tabela de Frete Mínimo e sim proposto uma tabela de forma referencial sem obrigatoriedade. Além de Mato Grosso, estão em manifesto desde o dia 23 de abril os Estados do Paraná, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Há informações de paralisação também no Ceará.
Entre esta segunda-feira (27) e quarta-feira (29) uma reunião em Brasília (DF) deverá ser realizada entre o setor do transporte de cargas e o governo federal, em uma “nova tentativa” de se entrar em um comum acordo.
Alerta
A orientação, vinda da própria categoria, como o Agro Olhar já comentou, é que nenhum caminhoneiro saia em viagem, pois pode ficar parado no meio do caminho. Os manifestantes reforçam que pelo fato da possibilidade de uma nova paralisação ocorrer ser comunicada desde o dia 26 de março, quando o governo federal pediu prazo para o dia 22 de abril anunciar ou não se regulamentaria a tabela do frete, não se responsabilizam por distribuição água e alimentação aos motoristas que “insistiram em seguir viagem sabendo que iriam ficar parados no bloqueio”.
De acordo com os caminhoneiros, apenas carros de passeio, motos, ambulâncias, viaturas de polícia e ônibus estão autorizados para trafegar pelas rodovias mato-grossenses.
Reivindicações
A pauta de reivindicações segue contendo a Tabela de Frete Mínimo e a redução do preço do óleo diesel, bem como sua alíquota do ICMS em Mato Grosso. Na nova pauta foi acrescentada a aposentadoria por 25 anos de contribuição.

Imagem reprodução web

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes