terça-feira, 21/05/2024
Banner animado
InícioSocialAmor & CiaPiloto se aposenta e leva 112 amigos para o Havaí em voo...

Piloto se aposenta e leva 112 amigos para o Havaí em voo fretado

Banner animado

Por Vitor Guerra

Imagem de capa para Piloto se aposenta e leva 112 amigos para o Havaí em voo fretado
Depois de 33 anos trabalhando, era a hora de descansar. O piloto fretou um voo com 112 pessoas queridas em e levou todas para Havaí. – Foto: Keith Rosenkranz.

Foram 33 anos dedicados à profissão na aviação, e o último voo não poderia ser mais emocionante: esse piloto fretou um voo com 112 amigos e familiares e levou todos para o Havaí!

Keith Rosenkranz, de 64 anos, dedicou boa parte da vida pilotando os aviões da Delta Air Lines, companhia norte-americana de aviação. Durante a pandemia, ele viu vários amigos se aposentando e não conseguindo comemorar do jeito que queriam.

A vez dele chegou, e como a pandemia acabou, ele resolveu comemorar em grande estilo levando as pessoas que mais ama para um passeio inesquecível.

Planejando com calma

Tudo foi planejado com muita calma e demorou 16 meses. A ideia veio pela primeira vez em outubro de 2022.

E deu tudo certo no último voo, inclusive foi ele quem pilotou o avião!

O destino final era passar 24 horas no Havaí. Eles saíram do aeroporto Internacional de Dallas Fort Worth, mas antes, era preciso passar em um lugar mais que especial.

A conexão foi no Aeroporto Internacional de Los Angeles (LAX), local que significa muito para ele.

Los Angeles

Chegando lá, Keith recebeu uma homenagem com canhões de água e entrou para história. Isso porque ele se tornou o segundo piloto a receber tal saudação em quase uma década.

LAX ocupa um lugar especial no coração dele. A escola onde ele estudou quando criança, fica localizada ao lado da pista norte do aeroporto.

Desde criança, ele sonhava em ser piloto e nunca esqueceu de onde veio.

Em todas as ocasiões que decolou do LAX, ele inclinava a asa de seu avião na direção da sua antiga escola.

24 horas no Havaí

Depois de LAX, o voo chegou no Havaí.

Keith, junto com sua esposa, amigos, familiares, vizinhos do Texas, funcionários da empresa e amigos de infância curtiram um dia inteiro no Havaí.

O piloto também resolveu renovar os votos de casamento com a esposa, Colette.

Para ele, tudo valeu a pena.

“Você não pode colocar um preço em algo tão grande”, contou.

Dever cumprido

Durante os 33 anos de trabalho, ele conheceu várias partes do mundo.

Fez voos para América do Sul, África, Europa e muito mais.

A vida na aviação não começou na Delta.

Antes disso, ele foi piloto de um caça F-16 na Guerra do Golfo, participando de 30 missões.

Em 1999 ele ainda lançou um livro de memórias baseado no tempo que passou na Força Aérea.

Na conexão em Los Angeles, ele recebeu uma saudação com canhões de água, tornando-se o segundo piloto a receber a homenagem.

Veja a última decolagem de Keith, no aeroporto de LAX

Com informações de Ibtimes.

Espalhe Notícia boa!

ARTIGOS RELACIONADOS
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes