domingo, 14/04/2024
Banner animado
InícioNotíciasJustiça e VocêPROMOTORAS LEGAIS POPULARES:Alunas participam de discussões sobre trabalho voluntário, combate à corrupção...

PROMOTORAS LEGAIS POPULARES:Alunas participam de discussões sobre trabalho voluntário, combate à corrupção e Direito Penal

Banner animado



Por ASSESSORIA 

                          Alunas do curso Promotoras Legais Populares, desenvolvido pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso, tiveram neste sábado (7) aulas sobre trabalho voluntário, combate à corrupção e direito penal. Os temas foram abordados, respectivamente, pelo terapeuta Jean Marc Quitete e pelos promotores de Justiça Allan Sidney do Ó Silva e Tiago de Souza Afonso da Silva. 

Durante a sua exposição, o promotor de Justiça Allan Sidney apresentou o ranking da corrupção de 2014, realizado pela ONG Transparência Internacional, no qual o Brasil encontra-se na 69ª posição. Realizou reflexão sobre o caso da Petrobras e apresentou vídeos sobre o tema, que foram amplamente debatidos.

Já o promotor de Justiça Tiago de Souza fez uma explanação sobre a parte geral do Código Penal Brasileiro. Ele falou sobre responsabilidades, crime e resultado; crime e intenção; exclusão do crime; crime e quantidade de agentes; tipos de pena; cálculo da pena; outros efeitos de condenação; extinção do crime, dentre outros. Os crimes referentes à Lei Maria da Penha também receberam atenção especial.

O terapeuta Jean Marc, com sua experiência há 10 anos nesta área, abordou o tema “Trabalho Voluntário” . Ele falou sobre o perfil do trabalhador voluntário e buscou envolver as alunas no processo de construção deste saber. 

“Este encontro foi marcado pela presença de facilitadores que vieram com a proposta de trabalhar a temática tendo como referência a metodologia participativa e dialógica. Sendo assim, abriu-se espaço para a problematização acerca dos assuntos, para a troca de vivência e experiência, bem como para a reflexão e interação. Além disso, este espírito coletivo e participativo esteve presente em outros momentos do encontro”, destacou a assistente social, Renata de Paula Teixeira.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes