terça-feira, 05/03/2024
Banner animado
InícioSocialCIDADANIADIA DA MULHER:Luta pela igualdade é lembrada durante homenagem

DIA DA MULHER:Luta pela igualdade é lembrada durante homenagem

Banner animado
Julia Oviedo | NAV-MT 

Rafaella Zanol/Gcom-MT
                   “Tenho maior orgulho de estar no meio de mulheres trabalhadoras e guerreiras como vocês”. Emocionada, a primeira-dama do Estado e coordenadora do Núcleo de Ações Voluntárias (NAV), Samira Martins, iniciou uma manhã dedicada exclusivamente às servidoras do Palácio Paiaguás. A luta das mulheres por respeito e igualdade marcou o evento, que aconteceu nesta terça-feira (08.03), no salão Clóves Vetoratto.
                   A iniciativa da Casa Civil e do NAV, também presenteou as servidoras com a palestra interativa “Mulher, quem é você?”, entrega de rosas, sorteios, exposições de produtos, massagem relaxante, além de um coffee break.
Na oportunidade, Samira, que além de voluntária do Governo, é advogada, lembrou da luta pela igualdade e de como a mulher está amparada pela lei. “A Constituição nos garante igualdade, mas isso só será possível se dermos as mãos umas para as outras. Somos maioria”, pontuou.
Igualdade era o que buscava Rosa Parks, símbolo do movimento dos direitos civis dos negros dos Estados Unidos e Maria da Penha, líder do movimento em defesa dos direitos das mulheres e que deu origem à lei que tornou mais rígidas as punições para crimes de violência doméstica. Com estes exemplos, o secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, lembrou da necessidade de lutar pelos direitos das mulheres.
“Acordar cedo, fazer o café da manhã para seus filhos, trabalhar dignamente como vocês fazem todos os dias também é um ato de heroísmo, assim como Rosa Parks e Maria da Penha. A luta é diária”, disse Paulo Taques.
Para o governador Pedro Taques, o dia é de reflexão, principalmente, pelo tratamento desigual que as mulheres recebem no cotidiano. Taques também defendeu as ações de governo que devem ter atenção voltada à mulher, como é o caso da criação de uma linha específica de crédito pelo MT Fomento, as delegacias de combate a crimes contra a mulher e o programa de inclusão produtiva Emprega Rede, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social.
“Nossa administração busca tratar a mulher de forma igualitária, mas nossa cultura ainda é forte. Esse é um convite para refletirmos o tratamento desigual daquela que deveria ser igual a você”, disse o governador.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!
- Anúncio -
Banner animado

MAIS LIDAS

Comentários Recentes